fbpx

Radar Econômico Grupo Portfolio | 31 de agosto de 2020

 

Com flexibilização do isolamento social e a retomada econômica o mercado brasileiro começa a ter respostas positivas refletindo diretamente nos índices de confiança.Dos 19 segmentos industriais pesquisados para compor o Índice de Confiança da Indústria (ICI), 18 tiveram um aumento na confiança. Além disso o Índice de Situação Atual (ISA) e Índice de Expectativas (IE) cresceram também. Apesar de ficar ainda abaixo do resultado de Fevereiro (mês anterior às duras medidas de isolamento social, o mercado nacional começa a ensaiar uma reação ao momento de recuperação.

 

Além do aumento da confiança, dados registraram um crescimento significativo no primeiro semestre de 2020 em relação ao e-commerce.Apesar das regiões Sudeste e Sul serem os principais mercados de venda online no país o Nordeste vem se destacando apresentando um crescimento de 107% no faturamento em relação ao mesmo período de 2019 e acaba representando 18% no faturamento total do Brasil.

 

Esses resultados confirmam mais uma vez que a revolução digital, na qual já havíamos sido informados que chegaria, foi antecipada pela pandemia e já vivemos reflexos dessa migração do ambiente de compras.

 

No mercado local, o Ceará vem se destacando com novas oportunidades de negócios e isso vem sido refletido nos resultados alcançados no principal porto do estado – Porto do Pecém. Com a chegada do gigantesco navio o período de safra é iniciado e o Porto se torna um elemento chave para escoar frutas produzidas no Ceará e em toda região do Vale do Rio do São Francisco, tendo destaque melão, uvas e mangas. Somente na primeira embarcação já registrou mais do que o dobro de carga embarcada para o norte da Europa quando comparado com o primeiro navio da safra passada.

 

Já apresentado anteriormente no Portfolio News, a tendência mundial de digitalização de dados e processos fez com que o Brasil apresentasse a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD. Surgindo em razão da necessidade não só de proteção de dados pessoais, o que pode ser uma análise inicial e simplista, mas principalmente em razão dessa tendência mundial que forçou a essa produção legislativa visando a inserção do Brasil no circuito mundial de relações econômicas.